Greve anunciada: professores do RN não voltam às aulas sem vacina

Greve anunciada: professores do RN não voltam às aulas sem vacina

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do RN (SINTE) confirmou que só pretende retornar as atividades presenciais na rede estadual de ensino após a vacinação de professores, funcionários e estudantes contra a Covid-19. Esse posicionamento foi aprovado durante assembleia realizada em 03 de dezembro, porém o sindicato considera a possibilidade do ano letivo começar de maneira virtual.

De acordo com a Secretaria Estadual de Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer (SEEC), o Rio Grande do Norte está se preparando para seguir um protocolo de segurança sanitária elaborado pelo Comitê de Educação para Gestão das Ações de Combate à Pandemia da Covid-19, que será utilizado como base para as escolas estaduais. A expectativa é de que até o dia 01 de fevereiro, data prevista para o retorno das aulas, as escolas estejam prontas e adequadas para retomar as atividades de forma híbrida (presencial e virtual).

Apesar de o governo estar anunciando o retorno, o SINTE aguarda posição da SEEC e do Comitê Científico Estadual de combate à Covid e não descarta uma paralisação, caso haja confirmação da volta presencial para a próxima semana, já que ainda não há previsão de início da vacinação para profissionais da educação, nem estudantes. O sindicato reforça que não é contrário a retomada das aulas de forma remota.

Fonte: Portal 98 FM Natal. 

Foto: Agência Brasil.